terça-feira, 27 de julho de 2010

Eternos campos de morango.

Ontem demorei a pegar no sono. Quando isso acontece a gente fica pensando em mil coisas, não é mesmo? Não foi diferente essa noite. E as vezes, sem explicação, ficamos com uma musica tocando na mente, né? Foi assim também. A música era Strawberry Fields Forever dos Beatles e o pensamento era uma lembrança.

Eu devia ter uns quatorze anos quando tinha uma conhecida, de amigo em comum comigo, que era tarjada de estranha. Bom, fisicamente ela era sim. Usava roupas diferentes pra sua idade, se eu não me engano um ano mais nova que eu, tinha o cabelo crespo com dezenas de trancinhas e não era bonita, não pros padrões de beleza que essa sociedade exige (feio é o sistema). Ela era de classe social alta, mas parecia, visto em seu próprio jeito, não suportar nenhuma regalia.
  
Certa vez meu colega, que era amigo de infância da estranha, estava aniversariando e a turma toda foi pra sua casa. Ela estava lá, super despreocupada em conhecer todo mundo. A única palavra que ela trocou comigo e com uma amiga minha foi uma piadinha sarcástica que ela fez. No dia seguinte, os meninos estavam no colégio caçoando do jeito dela e alguém falou: “Ela não tem amigos e ouve Beatles, ela é estranha!” e todos caíram na risada. Mas pera aê! Por que ela ouve Beatles ela é estranha? Na época eu ainda não tinha parado pra escutar, só que eu sabia que eles foram um nome na historia da musica e que meus pais adoravam. Deixei pra lá, ela era estranha mesmo.

Então eu me pego cantarolando Beatles na cabeça e me lembro da estranha. Chega a ser engraçado! Me tornei uma estranha também, pouco interessada em meros coleguismos e adoradora plena dos garotos de Liverpool. E além do mais, descobri que prefiro a estranheza ao padrão. Hoje pessoas com gostos sempre iguais é que me incomodam.


Mais uma vez, sou feliz com mudanças e diferenças.

4 comentários:

Ruan Andrade disse...

e assim se fez: o mundo deu a volta ! =)

Padrões são estranhos: todos diferente e iguais.

Letícia M. disse...

Liiindo teu blog , adorei o que tu escreve e me identifico muito com boa parte dos textos .. Estarei te "perseguindo" por ai ..

Beijos!

Rebeca Amaral disse...

me vi inteiramente nesse post.

Giovanna I. disse...

Menina, teu blog foi um achado! Encontrei nos comentários do blog da Letícia M. e adorei! As cores, a maneira como tu te expressas... Lindo!
Me identifiquei muito com teu texto. Assim como tu, eu também sou feliz com a minha capacidade de mudança.
Beijos!

Postar um comentário

Palavras bem-vindas...