terça-feira, 26 de outubro de 2010

Dia 1

Sete curiosidades sobre você.

1- Adoro mudanças. Há quem morra de medo de mudar de rotina, de opinião e de visual. Eu não, fico feliz quando me pego fazendo coisas diferentes das que pensei em fazer um dia e quando descubro o quanto era bobeira pensar daquele tal modo. E convenhamos, que graça tem seguir sempre aquele mesmo padraozinho e dizer "eu penso assim, eu sou assim e não vou mudar"? Aaaaaaaaaaaarg, não tem coisa que me irrite mais que o comodismo (ou simplesmente a ignorância)! É por essas e outras que tem dias que sou tímida, dias que sou palhaça, dias que sou calma, dias que sou super-chata-sincera, dias que danço, dias que choro... E não acaba. Mas, por favor, não confunda isso com desleixo ou com falta de personalidade, eu sei dos meus valores.

2- Sou estabanada, estabanada demais! Não adianta me pedir pra fazer silêncio numa missão daquelas de não acordar ninguém porque eu sempre me bato em alguma coisa. Tirem de perto de mim tudo de valor muito frágil, porque parece que quando meu subconsciente tá sabendo que não pode, ai que ele se encarrega mesmo de fazer o estrago! haha. Prateleira de supermercado, arrumação e qualquer coisa que escorregue da mão, mantenham distância de mim! E ah, isso parece agravar quando tem alguém me olhando.

3- Detesto salto alto e papariquisses muito femininas. Posso até levar algum jeito pra ficar em cima do salto, pra fazer maquiagem e pra combinar roupas, mas realmente não é a minha praia! É que eu tenho amigas que sentem prazer em se arrumar, não saem de casa sem maquiagem, brincos e outros aparatos, mas eu não tenho paciência alguma nem mesmo pra ver isso. Acho que já tive fase assim, ou melhor, já tive sim essa fase de mulherzisse extrema, só que passou que nem passou a fase de roqueira!

4- Não sou muito adepta do romantismo. Apesar de eu ser sentimental pra caralho e viver com choros engasgados, não levo jeito nenhum pra expressar o que sinto. Talvez seja timidez ou quem sabe, simples desgosto. Uma das iniciais utilidades aqui do blog foi, justamente, pra aprender a soltar mais meu coração, e tenho aprendido! Em relação a romance mesmo, acontece que não sou feliz em declarações desesperadoras e continuas, não gosto de melosidades. Carinho sim, melosidade não! Acabo enjoando rapidamente, defeito insuportável meu, mas sou totalmente dependente da presença, mesmo que não tão de perto, da pessoa que gosto.

5- Tenho cabeça de vento. Pois é, esqueço datas, onde coloquei meus miolos e até o que não dá pra esquecer! As vezes, to conversando com alguém (pode ser minha própria mãe), e dá um branco no nome da pessoa, tiram muito com minha cara por conta disso. O mesmo é para as palavras, claro, vivem fugindo! É meio que uma memória seletiva inversa, porque o que é pra esquecer eu não esqueço. Tento fingir que sim, mas não. Por outro lado, tenho momentos únicos intactos na memória. Sabe aquelas coisas simples que a gente lembra sem motivo? Ainda bem, eu consigo guardar!

6- Sou conselheira por prazer. Já tava recheado demais de defeitos por aqui, né não? Mas é como dizem, a gente está mais apto a enxergar bem mais defeitos que qualidades em nós mesmo. Bom, meus amigos mais chegados (e até alguns conhecidos) gostam de me contar os problemas e eu me sinto na obrigação de me desdobrar pra encontrar o melhor jeito de fazer a pessoa se sentir bem, de ajudá-la. Em meus momentinhos de crises, reclamo que ouço todo mundo e ninguém me ouve, mas na verdade eu gosto sim, de coração, de estar me sentindo prestativa e fazer alguém sorrir. Se eu der um Não pra alguém que me pede algo, até quando não está mesmo a meu alcance, eu me sinto mal de verdade.

7- Tenho um blog! Pra quem tá lendo agora deve não ser nenhuma novidade, mas são pouquissimas as pessoas da minha "vida real" que sabem disso. Não, eu não divulgo a minha página em orkut, msn ou coisa e tal. São poucos os meus amigos que frequentam esse meu outro lado. É que eu nem tive vontade de contar pra muitos deles por saber mesmo que não vão dar atenção. Apesar de nos gostarmos, são personalidades diferentes. E por falar nisso, tenho amigo de todo tipo! E assim acontece, eu conheci meus leitores assíduos aqui mesmo no mundo do blog. Gosto disso, aqui é meu refúgio "privado".



Nota: Aaah, adorei escrever isso, fluiu super na hora e no final ainda fiquei querendo números pra contar mais! Falei mais de defeitos que de curiosidades, né? Pois é. E ainda faltou eu contar que não tomo café, não sei distinguir sabores de alguns sucos de fruta, sou corajosa quando não penso, falo demais, interrompo os outros sem querer (muito), não tenho muita paciencia com crianças apesar de gostar delas, tomo remédio por tudo, converso sozinha com meu anjo bom e com o ruim também, não decoro numeros (aliás, sou péssima pra decorar qualquer coisa), sinto preguiça de comer as vezes, dou risada de tudo (até quando to nervosa), [...]

5 comentários:

Vanessa disse...

Epa! Somos muito parecidas. A única coisa que não combina é que sou muitoooooo romântica. Meu apelido é "desastrezinho" de tão estabanada...kakaka
Bjs

Kivia Nascentes disse...

Fora o "Não sou muito adepta do romantismo", sigo a risca todos os outros tópicos. Acho que já podemos montar um clubinho da luluzinha!
hasuhaushuash

beijos (:

Daniel César disse...

Massa Tam... adore o post.

Ah, me identifiquei mais com os itens 1, 3 e 6... rs. E eu sou um amigo de sua vida real, e leio seu blog... hehehehe. Perturbação em dobro para você!!!

Má Midlej disse...

Porra, voce fala bem demais de você mesma. Não sei fazer isso.rs

que meme é esse? gostei..

Naira Évine Pedra disse...

Tamara, não sabia que somos muito parecidas ! Meu Deus ! hahahahaahahaha
Até na parte do romantismo ¬¬
Até na parte do blog, apesar de estar no meu orkut e msn, sei que poucas pessoas lembram de acessar...
A parte de ser esquecida? sou ao extremo...
Vaidade feminina? É Notável que não tenho muita...
Mudanças, aiiin.. dá uma adrenalina, uma ansiedade .. rsrsrs
ADOREEEI =)

BjÃo

Postar um comentário

Palavras bem-vindas...